CONVENÇÃO COLETIVA TRABALHO 2021/2022 PATRONAL OCESC FECHADA

postado em: Notícias | 0

A Pandemia do Covid-19 assolou o Mundo, o Brasil, a sociedade, e consequentemente as Cooperativas de Crédito. Algumas delas reduziram a jornada de trabalho, outras aderiram a Home Office, mas suas atividades não foram interrompidas, salvo em alguns momentos, por força de lei. Sempre que que possível, reabriram os seus postos e os trabalhadores lá estavam para cumprir a sua jornada, sem esmorecer. Todos juntos por um objetivo a garantir a continuidade da entidade e ajudar aos associados no momento que mais precisavam. Como relatam os trabalhadores “deram a cara a tapa”, não fraquejaram, estavam juntos com sua Cooperativa, mostrando a força do Cooperativismo, a força da relação “trabalhador-associado-cooperativa”. O mínimo que o trabalhador poderia esperar na negociação coletiva 2021-2022, seria o reconhecimento por este esforço, esta dedicação. Esta era a expectativa.

As tratativas tiveram início na tarde do dia 13 de julho, com a 1ª reunião com o Sindicato Patronal OCESC, para negociação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2021-2022.

O SINDEMCOOCRED levou a proposta: inflação acumulada e ganho real de somente 1%. O Sindicato PATRONAL OCESC fez sua proposta aos trabalhadores: repor sobre todas as cláusulas econômicas (Piso Salarial, Correção Salarial, Quebra de Caixa, Auxílio Alimentação, Auxílio Funeral, Auxílio Infantil) o INPC acumulado do período, em 03 parcelas:
 

  • 60% em JULHO de 2021
  • 20% em OUTUBRO de 2021
  • 20% em JANEIRO de 2022

Este é o reconhecimento que o Sindicato Patronal, oferecia a você trabalhador! Pagar somente a inflação e em ainda 03 parcelas.

Será que os resultados das Cooperativas estão tão ruins assim?

Não. O Sindemcoocred analisou o balancete de várias Cooperativas e não é o que dizem os números, ou estávamos enganados?

Fomos totalmente contra. Entendemos como uma “falta de respeito” com o trabalhador.

Então o Patronal, resolveu rever sua proposta e pagar em PARCELA ÚNICA! Sim, em parcela ÚNICA! Será que está tão ruim assim? Será tanta dificuldade, que tiveram que analisar para ver a possibilidade de pagar em parcela única? Ou, será que queriam deixar de pagar “à vista” para ganhar com o “parcelado”?

Somos entidades financeiras, estamos à mercê do mercado econômico, disso sabemos, mas, somos dotados de alta capacidade de adaptação! Como se diz: “o dono da cooperativa é o próprio associado”. Desculpe aos nossos colegas das demais categorias, mas se fosse com o comércio, a indústria até entenderíamos, em função da crise, mas somos trabalhadores em Cooperativas de Crédito. Sabemos que 2020 foi o melhor ano dos últimos tempos e acreditamos que em 2021 será tanto quanto ou até melhor.

Entendemos que negociação poderia ser o SINDEMCOOCRED buscar ganho real e avanços na CCT e Patronal querendo somente reposição inflacionária. Isto seria um bom início de negociação. Protelar o reajuste e depois a vista?

Bem, o SINDEMCOOCRED buscou avançar na negociação e fez diferentes propostas, mas o Patronal foi irredutível, não aceitando nenhuma flexibilização. Ou será que foi irredutível, para depois oferecer algum ganho real diretamente ao trabalhador! Fique de olho, isso enfraquece o nosso movimento!

Então como o Patronal não avançou, não flexibilizou, não reconheceu, (repor a inflação seria o mínimo diante dos resultados), nos restava consultar ao Trabalhador. Fizemos então a votação virtual e fomos surpreendidos pela quantidade de participação. Um total de 4.904 trabalhadores votaram para decidir a negociação. Agradecemos a todos que ajudaram a divulgar e, participaram com seu voto.

Deste total, 42% votaram para que o SINDEMCOOCRED continuasse a negociação, buscando avanços e 58% votaram pela aceitação da proposta Patronal  (reajustar todas as cláusulas econômicas: Piso Salarial, Correção Salarial, Quebra de Caixa, Auxílio Alimentação, Auxílio Funeral, Auxílio Infantil em 9,22% (parcela única), sem ganho real e manutenção das demais cláusulas sociais) e encerramento das negociações.

Considerando a decisão da maioria dos trabalhadores pela aceitação da proposta Patronal de , em respeito à soberania da vontade desta maioria, o SINDEMCOOCRED está encerrando as negociações.

SINDEMCOOCRED
A Diretoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 13 =